Bastidores da Inauguração: Cardápio - Sobremesas

Vasculhamos a história de Anápolis/GO e incluímos um pouco dela na escolha de nossa sobremesa.

 

Doces de Goiás

Os primeiros registros da tradicional arte feminina goiana de produzir doces data a primeira metade do século XIX, através dos relatos dos viajantes europeus. Mas foi principalmente Cora Coralina, poetisa e escritora de Goiás, quem nos contou a história das mulheres e a produção de doces no Estado.

Cora Coralina descrevia desde suas memórias de infância até o momento atual para dar visibilidade às mulheres, em seus inúmeros papéis: donas de casa, doceiras, lavadeiras, etc, todas ligadas por um fio, à luta pela sobrevivência. As pessoas compravam doces e ouviam poemas; o momento era ritualizado por ela, transformando-o em uma experiência.

Um dos tradicionais doces do Estado é a Flor de Coco, criado em 1940 por Alice Velasco. Ele voltou a ser produzido, fiel a receita original e retrata a cultura e a história da região.

Artesanalmente, ele é feito por mulheres que continuam contando suas histórias e lutando por sua sobrevivência e a GSE homenageou todas as mulheres guerreiras do nosso país distribuindo esses doces na inauguração de sua fábrica.


Categoria: Notícia

Publicado em:

  • SÃO PAULO-SP, Administração
  •    Rua Padre Chico, 221 Cj. 608 - Bairro Perdizes
  • CEP 05008-010 - São Paulo-SP [ver mapa]
  • +55 11 3045-0816
  • ANÁPOLIS-GO, Fábrica
  •    Via Primária 07-D, S/N QD 12 Módulo 11 - DAIA
  • CEP 75132-140 - Anápolis-GO [ver mapa]
  •  
by Redbit